/Na praia da Costa de Santo André em Portugal vai reviver-se o ‘Banho de São Romão’

Na praia da Costa de Santo André em Portugal vai reviver-se o ‘Banho de São Romão’

A praia da Costa de Santo André, no concelho de Santiago do Cacém (distrito de Setúbal), volta a ser palco, no fim de semana, de uma recriação do ‘Banho de São Romão’ com cortejos, animação e gastronomia típica da região.
Promovida pela Junta de Freguesia de Santo André, a iniciativa, a decorrer entre hoje e domingo, (9 a 11 de agosto), pretende recriar “o único dia do ano em que as populações iam à praia”, numa autêntica romaria, com um cortejo que ligava as várias aldeias do interior do concelho à Costa de Santo André, no litoral alentejano.
“Com as suas vestes antigas e o farnel, que era preparado na noite anterior para a festa, as pessoas do campo deslocavam-se até à praia onde iam a banhos e partilhavam os comes e bebes com amigos, familiares e desconhecidos no areal”, recordou à agência Lusa o presidente da Junta de Freguesia de Santo André, David Gorgulho.
As Festas de São Romão incluem dois cortejos etnográficos, no sábado e no domingo, com a participação de mais de 60 pessoas dos ranchos folclóricos de Melides (Grândola) e de São Bartolomeu da Serra e do Grupo Trajes e Tradições da Lagoa de Santo André (Santiago do Cacém), vestidas a rigor para recriar o tradicional Banho de São Romão.
“As pessoas envergam os trajes tradicionais para os cortejos, que contam com a ajuda dos animais e das carroças, e as senhoras transportam as cestas na cabeça. São também recriadas as diferentes ‘personagens’ da altura que personificam os pescadores, agricultores e as varinas que trazem um colorido muito grande à festa”, explicou David Gorgulho.
De acordo com a tradição, após os cortejos, logo pela manhã, as pessoas instalam-se no areal da Costa de Santo André “com as suas tendas, comes e bebes” e “partilham uma refeição com as pessoas que se juntam no areal”, seguindo-se o banho de mar com os trajes típicos da época e animação na praia.
“A ida a banhos também desperta bastante curiosidade com toda a animação que gera, assim como as danças típicas no areal e o almoço convívio”, acrescentou o autarca.
As festas abrem na sexta-feira, na Tenda Multiusos, instalada na Costa de Santo André, com um programa que inclui música popular alentejana, cavaquinhos e folclore.
A iniciativa, que termina no domingo, recebe ainda uma exposição e venda de artesanato, frutas e doçaria da região.